História da Cidade

Registra-se no município de Nova Brasilândia um dos pontos geográficos mais importantes do Estado de Mato Grosso. Trata-se do "estrangulamento" de dois segmentos do grande divisor das águas opostas norte e sul. Prata versus Amazonas e Tocantins. Este quadrilátero fluvial guarda em suas entranhas de matas e riachos, um vai e vem de caminhar de aventureiros do passado, que iam principalmente em busca das famosas Minas do Martírios. Se bem que não restou registro histórico desta hipótese. As andanças na região resultaram na formação de algumas fazendas, dentre as que fizeram história estão São Manoel e Racharia. 
Nos primórdios o território do atual município de Nova Brasilândia era jurisdicionado aos municípios de Cuiabá e Diamantino. Uma lei estadual de 21 de janeiro de 1964, criou o Distrito de Paz de Rancharia, com território pertencendo ao município de Chapada dos Guimarães.
Nesta época em diversas regiões circunvizinhas expandia-se a busca por regiões de mineração. A procura incessante de gemas dimantíferas, que abundam no lugar, foram o principal motivo do desbravamento.
As notícias das riquezas minerais e da fertilidade da terra provocaram uma corrida de garimpeiros, posseiros, grileiros, lavradores, comerciantes, capangueiros e prostitutas. A Lei n.º 3.760, de 29 de junho de 1976, criou o distrito de Nova Brasilândia, que absorveu o distrito de Rancharia, mesmo nada dizendo a citada lei a respeito. A 10 de dezembro de 1979, através da Lei n.º 4.149, de autoria dos deputados Paulo Nogueira e Osvaldo Pereira, sancionada por Frederico Campos, foi criado o município: 
"Artigo 1º Fica elevado à categoria de município, com o nome de Nova Brasilândia, o distrito do mesmo nome, criado como unidade integrante do município de Chapada dos Guimarães, pela Lei n.º 3.760, de 29 de junho de 1976...
Artigo 2º - Nos termos da Lei Complementar Federal n.º 01, de 09 de novembro de 1967, o município de Nova Brasilândia será instalado no dia 31 de janeiro de 1981, com a posse do prefeito, vice prefeito e vereadores a serem eleitos a 15 de novembro de 1980."
O primeiro prefeito municipal, foi o Sr. José Neves da Silva. A denominação Nova Brasilândia adveio do termo Brasil, dizendo-se ser essa terra brasileira por excelência, onde a brasilidade avulta como característica. O termo "Nova" se adotou para distinguir essa terra das Brasilândia de Mato Grosso do Sul, do Paraná (Alto Piquiri) e Minas Gerais (João Pinheiro).